quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Os Pombos estão abalando a estrutura da cadeia alimentar?

Semestre passado os alunos da psicologia já haviam flagrado as gaivotas do passeio público de Curitiba capturando uma pomba e disputando a mesma em uma série de tentativas de "roubar" a presa uma da outra. Esse semestre a Bruna Machado, o Diego Perna e o Diogo Zerbini fizeram suas observações com o mesmo grupo e fagaram a gaivota tentando várias vezes, até que consegue capturar a pomba e a mata batendo sua cabeça contra o piso, e em alguns momentos permite que os filhotes se alimentem (veja o vídeo gravado por eles). Eu sugeri aos alunos pesquisarem mais sobre o tema e foi obtido uma gravação de gaivotas "predando" baleias vivas no Chile. E mais uma vez os alunos da psicologia trouxeram imagens de pelicanos comendo pombas (veja segundo vídeo) e procurando no youtube encontrei cágados capturando pombas (veja o terceiro vídeo)... estarão elas alterando a cadeia alimentar? Tema interessante, alguém se arrisca? Uma resposta veja o último vídeo...

video





Um comentário:

  1. Martinha,
    Gostei da nova cara do Blog!!!

    Quanto as pombas (que assim como Pink e Cérebro querem dominar o mundo), acho que elas estavam no lugar errado, na hora errada.
    As gaivotas (de hábito alimentar generalista) e o cágado são carnívoros e as pombas estavam dando sopa...assim os predadores gastaram menos energia na captura de suas presas.

    O caso do pelicano não dá nem pra contar porque dois minutos de vídeo é pouco para inferir algo. Mas seria interessante ver sobre o trato digestivo desses animais e ver como seria a ingestão das penas, uma vez que habitualmente comem peixes. Eu particularmente acho que as penas devem ter feito um grande "bolo alimentar" o que é perigoso em aves por conta da compactação. Até pensando...deve ser por isso que os pelicanos convivem normalmente bem com outras aves sem se alimentar delas. Já vi conflitos mas nunca predação assim. Por isso acho que o pelicano que comeu a pomba estava mesmo doidão!

    ResponderExcluir