segunda-feira, 21 de setembro de 2009

XXVII Encontro Anual de Etologia


Nessas últimas semanas eu e meus jovens etólogos passamos escrevendo os resumos de nossas pesquisas para serem apresentados no XXVII Encontro Anual de Etologia realizado pela Sociedade de Brasileira de Etologia de 12 a 15 de novembro de 2009, na irresistível cidade de Bonito, Mato Grosso do Sul (Clique no Titulo para acessar a página do congresso). O evento contará com nomes importantes como de Alcock (primeiro livro citado na nossa lista ao lado). O tema central do evento será Evolução e Comportamento Animal, simplesmente fantástico! Temos várias frentes de pesquisa: invertebrados de interesse médico, bem-estar e ética no uso de animais, etologia humana e até sociobiologia... o Laboratório Núcleo de Estudos do Comportamento Animal contará com a representação de diferentes áreas da Etologia trabalhadas com seriedade e dedicação por cada um desses acadêmicos que se preparam para alçar grandes vôos no mundo fantástico e fascinante da Etologia. Embora cada um deles tenham me prometido escrever uma síntese de suas pesquisas para postar neste blog hoje irei fazer um breve resumo dos trabalhos que serão submetidos.

As biólogas Lays Parolin e Thalita Vieira irão levar o resultado de seus projetos de iniciação científica. Eles tratam de um assunto fascinante que é a estratégia reprodutiva. E embora estejamos estudando esse aspecto em animais de interesse médico (aranha-marrom) que causa milhares de acidentes todos os anos em Curitiba (Situação atípica em termos mundiais) e usarmos esses resultados para subsidiar a compreensão dos motivos que levam espécies como Loxosceles intermedia lograrem tanto sucesso nos substratos antrópicos, não deixamos de vislumbrar padrões evolutivos relacionados com a seleção de parceiros e competição espermática, universais para todos animais, inclusive para os humanos. Para quem se interessa por esse assunto, sugiro os livros “O mito da monogramia” e “guerra de esperma” (lista ao lado).

O acadêmico Felipe Neves (parceiro desse blog) e extremamente eclético (tem trabalhado com aranhas, formigas, sonhos...), grande parceiro meu (por compartilharmos muitas afinidades) desta vez irá levar resultados parciais do seu TCC que visa avaliar como as pessoas suprem a ausência de elementos da comunicação não verbal nas interações de pré-cortejo durante os bate-papos nos chats... o trabalho está ficando fantástico!

A acadêmica Priscila Tamioso, que tem trabalhado com seu TCC a vários anos e mostrado excelentes resultados levantou a questão da ética no uso de animais. Partimos do principio que tratamos o outro como igual quando reconhecemos nele sentimentos e emoções nossas. Assim, será que acadêmicos e profissionais de diferentes áreas do conhecimento tendem a ter maior ou menor afinidade com os animais?

A acadêmica Alessandra Condessa também tem refletido muito pelos rumos da compreensão do comportamento social, principalmente dos “animais humanos”. Para isso ela leu muitos livros a respeito da sociobiologia e quis saber como essa nova área dentro da biologia extremamente polêmica na sua concepção está sendo interpretada atualmente por acadêmicos e professores que trabalham como o comportamento social como os biólogos, psicólogos e sociólogos.

5 comentários:

  1. Nossa, fiquei famosa agora!
    ´Bora lá representar o nosso querido NEC!

    ResponderExcluir
  2. Mas que bonito, mas que beleza. hahaha
    Vamos lá NEC!

    ResponderExcluir
  3. Ah, faltou o trabalho da Mari =/
    mas tá mesmo bonito!
    bju

    ResponderExcluir
  4. Alessnadra Condessa2 de outubro de 2009 23:51

    "A acadêmica Alessandra Condessa também tem refletido muito..."

    realmente!realmente! :P

    ResponderExcluir
  5. Parabéns a todos, em especial ao Felipe...rsrsrsr....excelente trabalho...

    ResponderExcluir